Forças de Segurança realizam mais uma etapa da operação Hórus e prendem homem suspeito de praticar homicídio no interior do Estado

0
15

Operação contou com a participação de dezenas de policiais civis e militares de Xambioá, Araguaína e também do Gote.

Um homem de 22 anos de idade, suspeito de praticar um crime de homicídio, na cidade de Xambioá, em janeiro de 2021, foi preso por policiais civis e militares na manhã desta quinta-feira, 27, na cidade de Nova Olinda.

A ação realizada por policiais civis da 23ª Delegacia de Xambioá, 3ª Divisão de Combate ao Crime Organizado (3ª DEIC), de Araguaína, e pelo Grupo de Operações Táticas Especiais (GOTE), com apoio do militares do 2ª BPM e também do BOPE, foi comandada pelo delegado Márcio Lopes da Silva e faz parte da Operação “Hórus”, que visa combater crimes praticados nas cidades tocantinenses que fazem divisa com outras unidades da federação.

 A prisão do investigado ocorreu depois que os policiais civis da 23ª DP, de Xambioá, cidade onde o crime foi cometido, obtiveram informações de que o suspeito estaria residindo na cidade de Nova Olinda. De posse das informações, os agentes foram até a cidade e após localizar o homem, efetuaram a prisão do mesmo em cumprimento a mandado de prisão preventiva, expedido pela Vara Criminal da Cidade de Xambioá.

De acordo com a autoridade policial, o capturado foi investigado e indiciado pela Polícia Civil por ter, em tese, assassinado, mediante golpes de faca e disparo de arma de fogo, a vítima Douglas Pereira da Silva de 29 anos, fato ocorrido no dia 10 de janeiro de 2021, por volta das 21 horas, em Xambioá. As investigações da 23ª DP apontaram que durante o crime, o indivíduo preso hoje agiu em co-autoria com outros dois homens que já foram devidamente identificados e também indiciados.

Motivação

Conforme apurado durante a investigação, a vítima foi assassinada porque uma semana antes de ser morta teria furtado uma arma pertencente à facção criminosa da qual integravam os três indiciados. Concluída a investigação, a qual resultou no indiciamento por homicídio dos três suspeitos que se encontravam foragidos, a Polícia Civil representou pela decretação da prisão preventiva de todos, medida que foi aceita pela justiça.

Após a realização dos procedimentos legais cabíveis, o homem preso foi recolhido à Casa de Prisão Provisória de Araguaína (CPPA), onde permanecerá à disposição do Poder Judiciário. As investigações terão continuidade para que a Polícia Civil possa localizar e efetuar as prisões dos outros dois envolvidos no crime.

Operação Hórus

Durante a etapa da Operação Hórus, que é vinculada ao Ministério da Justiça e que está sendo realizada na cidade de Xambioá e demais municípios circunvizinhos, um grande efetivo de policiais civis e militares está atuando de forma conjunta no sentido de combater os crimes que ocorrem na região de fronteira entre os estados do Tocantins e Pará.

Até o momento já foram realizadas dezenas de abordagens a veículos em, atitude suspeita e também incursões e locais já previamente mapeados pela Polícia Civil, onde há uma maior incidência de crimes. A referida operação visa apreender drogas, armas de fogo, veículos roubados ou furtados e também localizar foragidos da Justiça.